As diferenças entre emagrecimento e perda de peso

A importância de um corpo magro é cada vez mais evidenciada e exposta pelos profissionais da saúde, devido ao fato de isso estar relacionado a um corpo saudável;  já um corpo gordo é relacionado com doenças como câncer, diabetes, hipertensão, entre outras. Com isso, a busca pelo emagrecimento vem aumentando muito com o passar dos tempos, porém, o entendimento sobre emagrecimento muitas vezes é equivocado por se relacionar, sempre, perda de peso com emagrecimento.

No momento em que se busca o emagrecimento, é muito comum encontrarmos as pessoas brigando com a balança, pensando que a diminuição do peso estará relacionada com o emagrecimento. Outra forma comum de a população relacionar um corpo saudável é através da fórmula do Índice de Massa Corpórea (IMC), que é a divisão entre o peso corporal pela altura ao quadrado, sendo ela também falha, pois não verifica separadamente o peso da gordura do restante do corpo, e somente a gordura é a referência para um corpo magro ou não.

emagrecimento e perda de peso
O corpo humano é composto por massa magra e massa gorda. A massa magra é o peso dos ossos, vísceras e músculos; a massa gorda é o peso da gordura. O peso corporal, que é o peso aferido nas balanças, é composto pelo peso das duas massas. A forma de diferenciar o peso gordo do peso magro é através de testes específicos, como por exemplo, o de adipometria, que é realizado por um adipômetro, em que os valores aferidos são ingressados numa fórmula e calculados, para assim verificar o percentual de gordura.

O emagrecimento, que é tanto desejado pelas pessoas, significa a diminuição do percentual de gordura corpórea. A diminuição de peso verificada nas balanças pode ser a diminuição tanto da gordura, como também da massa muscular.
A maioria das dietas realizadas produz uma diminuição do peso corporal, não proporciona somente a perda da gordura, mas também a perda da massa muscular, o que não é interessante, pois um baixo índice de massa muscular traz malefícios para o corpo e, consequentemente para a saúde.

A melhor forma para buscar o emagrecimento é conciliar uma dieta de reeducação alimentar com exercícios físicos, pois são os exercícios que proporcionam estímulos para a musculatura e logo aumentam ou mantêm um bom índice de massa muscular.

Conclui-se que o peso corporal não é fidedigno para avaliar se um corpo é magro ou gordo, pois um peso pode ser alto na balança, mas a pessoa pode ser magra, devido a um alto índice de massa muscular e óssea. Como ao contrário, o peso pode ser baixo, mas a pessoa pode ser gorda, devido a um baixo índice de massa muscular e óssea, e seu peso ser alto em massa gorda.

Portanto, o melhor para buscar emagrecimento é a conciliação de uma boa alimentação com exercícios físicos, pois uma boa alimentação tem pouca quantidade de gordura, e os exercícios ajudam na queima de gordura e aumentam o índice de massa muscular e óssea, não sendo necessário se preocupar tanto com o peso corporal, pois em certos casos ele aumenta e a pessoa emagrece devido à diminuição da gordura e ao aumento de massa muscular.

2 thoughts on “As diferenças entre emagrecimento e perda de peso

  1. olá tudo bem! Há alguns dias venho lendo este post e tenho absorvido muitas informação boa para meu dia a dia. Eu indico para que está vendo esta mensagem, e agradeço ao dono deste artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *