Água ou isotônico para hidratar?

“O que mata sede é água!” Quem nunca escutou essa frase? Essa é uma das muitas verdades da vida, mas isso no dia a dia. Quando o assunto é atividade física, essa “verdade” começa a ser questionada. Dependendo da intensidade da atividade que você pratica, será necessário mais que apenas água para hidratar.

Os seres humanos podem viver meses sem alimento, porém apenas dias sem a ingestão de líquidos. Ou seja, a hidratação é obrigatória à saúde. Quando o organismo atinge a desidratação, este sofre de um desequilíbrio de eletrólitos e tem redução da capacidade física porque a água regula a temperatura corporal durante o exercício. Esses são uns dos motivos para que não deixemos de beber água ou bebidas esportivas ou isotônicas antes, durante e após as atividades físicas.

hidratacaoDurante a atividade física, principalmente na aeróbia, junto com a água, o nosso corpo elimina sais minerais e carboidratos, que são substâncias importantes para o perfeito funcionamento da nossa máquina. Se a atividade aeróbia for muito intensa e prolongada, apenas a água não conseguirá repor todas essas substâncias, nesse caso as bebidas denominadas isotônicas são recomendadas.

As bebidas isotônicas são à base de água, sais minerais e carboidratos, ideais para a reposição de líquidos e eletrólitos perdidos através do suor durante a atividade física. São chamados isotônicos por possuírem formulação semelhante ao plasma, o que facilita a absorção. São de baixa caloria, mas nem por isso devem ser consumidas em excesso. Temos como exemplos desse tipo de bebida, a água de coco e os isotônicos industrializados. A água de coco é considerada um isotônico natural. A utilização vai do gosto pessoal de cada um.

Então, para decidir qual bebida vai te acompanhar, leve em consideração o tempo e a intensidade do seu treino aeróbio. Se for um treino mais leve e/ou de curta duração – por exemplo, 30 minutos de caminhada ou corrida leve – a água vai desempenhar bem o seu papel, mas se for um dia de treino longo e/ou forte – por exemplo, mais de 30 minutos de subida ou corrida forte – você pode contar com a ajuda das bebidas isotônicas.

Mas, não exagere na quantidade ingerida. Beba somente o suficiente para manter-se bem hidratado. É importante não beber além da conta antes do treinamento ou da competição. A meta deve ser não ganhar peso algum e perder o mínimo de peso possível, bebendo a quantidade exata de líquido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *